Vacinação

Vacinar: um ato de cuidado e amor.

Manter a vacinação do seu pet em dia é o princípio de uma vida saudável e feliz para o seu companheiro. Muitas doenças infecciosas, algumas fatais, são prevenidas através da vacinação. Também é uma forma de prevenir surtos de doenças, inclusive zoonoses, que são doenças que podem ser transmitidas aos humanos.

Quando ainda é filhote, seu animal de estimação vai tomar as primeiras vacinas e reforços antes de sair passear e desbravar o mundo com você, ou sozinho (como, infelizmente,  fazem alguns gatos).

Após as primeiras imunizações, basta manter o reforço nas datas estipuladas (normalmente anuais) das vacinas e curtir uma vida feliz e saudável com seu peludo.

E lembre-se: prevenir também é uma forma de amar. 

Quais são as principais doenças que prevenimos com a vacinação dos cães?

  • Raiva
  • Cinomose
  • Parvovirose
  • Coronavírus
  • Leishmaniose
  • Leptospirose
  • Adenovírus
  • Parainfluenza
  • Giardia
  • Gripe

Quais são as principais doenças que prevenimos com a vacinação de gatos?

  • Raiva
  • Rinotraqueíte
  • Calicivirose
  • Clamidiose
  • Leucemia

Em que situações não devemos vacinar um paciente?

Animais que apresentem qualquer sinal de apatia, diarreia, vômito ou febre não devem ser vacinados. Em caso de doença, deve-se aguardar a recuperação e liberação do veterinário para atualizar a carteirinha de vacinas. 

Quais reações podemos observar após a vacinação?

Febre, dor no local da aplicação, apatia, nódulo (bolinha) no local da aplicação são as reações mais leves e comuns.

As reações mais severas e raras podem causar vômito, diarreia, tosse, inchaço do rosto.

Nódulos (bolinhas) no local da aplicação da vacina podem acontecer. Eles devem sumir em alguns dias. Caso não desapareçam ou aumentem de tamanho, procure o médico veterinário.

Venha até a gente, converse com nossos veterinários e atualize a carteirinha de vacinação do seu peludo.