Como cuidar do seu bichano no inverno?

    O inverno exige alguns cuidados especiais com os gatos filhotes e idosos devido maior dificuldade na regulação da temperatura do corpo. É preciso ficar atento às mudanças sutis no dia a dia para que seu felino aproveite cada momento da estação mais fria do ano! Como saber se o gatinho está com frio?  De acordo com nossa veterinária, Dra Bianca Ricci Borba,  os gatos ficam encolhidos e embaixo das cobertas por mais tempo, com os pelos arrepiados, patas e orelhas mais frias, além de ficarem mais tempo expostos ao sol e mais próximos dos tutores e companheiros felinos. Uma doença de inverno devido à baixa de imunidade  é a gripe, ou Complexo Respiratório Viral.  Os sintomas são espirros, secreção no nariz e conjuntivite.  Os gatos que tem asma ou bronquite podem ter mais crises nessa época. Deve-se ter cuidado com os aquecedores de ambiente pois diminuem a umidade do ar causando ou agravando os problemas respiratórios, Gatos idosos tem artrose, o que piora no frio, fazendo com que tenham mais dor e dificuldade de se deslocar até comedouros, bebedouros, liteiras, subir nas camas e sofás e entrar em armários. Para os bichanos que tem acesso à rua: providenciar local de fácil entrada na casa, com miniportas basculantes. Não deixar a liteira do lado de fora da casa. Espalhar cobertas pela casa, colocar tocas e caixas de papelão com cobertas dentro, evitar cômodos muito gelados, são algumas medidas indicadas nesta época. Roupas são indicadas somente para os gatos sem pelos, com os da raça Sphynx. Em geral os gatos não gostam de usar roupas e nem de tomar banho!  Banhos  somente se houver prescrição médica. A Dra. Bianca reforça os cuidados para evitar os acidentes de inverno. “Fogões, aquecedores, lareiras e aparelhos eletrônicos que podem dar choque. E gatos que tem acesso à rua podem entrar nos motores dos carros em busca de calor”, diz. Alimentação de boa qualidade aumenta a imunidade em todas as épocas do ano.  Oferte o alimento sempre na temperatura que o felino está habituado a comer. Monitore a hidratação, estimulando o consumo de água e de alimento úmido, e espalhe mais potes e fontes de água pela casa. Se o gatinho tiver algum problema de saúde preexistente o uso de vitaminas pode ser indicado pelo médico veterinário. A vacinação em dia aumenta a imunidade, protegendo seu pet  contra doenças sazonais.  “ Elas são importantes em todas as épocas do ano e são definidas conforme idade e estilo de vida do gato”, finaliza Bianca. E não se esqueça do principal: gatos são fonte de calor para os humanos! Aproveite cada dia frio ao lado do seu gatinho!