Hipertensão em gatos: doença grave e silenciosa.

 

A hipertensão arterial sistêmica, também chamada de pressão alta, é uma condição na qual a pressão do sangue do felino é elevada acima dos níveis normais e seguros. Gatos a partir de 7 anos de idade correm um risco maior.

Os felinos podem não apresentar  sintomas. Isso torna a condição muito perigosa, pois pode passar despercebida. Alguns especialistas chamam a hipertensão de assassina silenciosa devido à gravidade dos danos causados ao organismo.

Segundo a médica veterinária nefrologista do HVB, Bianca Ricci Borba, quando há aumento acima do normal da pressão sanguínea, podem ocorrer danos à alguns órgãos como o coração, cérebro, rins e olhos.

Quais seriam esses danos?

·         Coração: ofegância ,arritmias, síncope;

·         Cérebro: letargia , alteração em nível de consciência, dificuldade de locomoção,  mudanças ​​de comportamento miam mais, raramente AVC;

·         Rins: aumento da ingestão de água, aumento da produção de urina, vômitos;

·         Olhos: cegueira súbita devido à hemorragias e descolamento de retina, glaucoma secundário.

Bianca explica que a causa da pressão alta em gatos pode estar relacionada a vários fatores, a mais comum é denominada 'hipertensão idiopática', o que significa que a causa não pode ser identificada. 

“Em alguns casos, gatos com doença renal também desenvolvem pressão alta, assim como a pressão alta pode impactar negativamente a função dos rins. Os rins desempenham um papel importante na manutenção da pressão arterial, revela a veterinária.

A pressão alta também pode causar danos à função cardíaca.  Várias outras condições, como hipertireoidismo e alterações em glândulas adrenais, podem contribuir com o problema, razão pela qual exames de rotina são tão importantes na Medicina Felina. 

A veterinária diz que existem tratamentos muito eficazes para controlar essa condição, e alerta que todos os gatos idosos devem ser examinados a cada seis meses . Um exame físico completo deve incluir a aferição da pressão.

“Traga seu felino para o HVB, a prevenção é sempre o melhor jeito de fazer com que ele tenha uma vida mais tranquila e saudável”, finaliza.

Para agendamento de consultas, ligue para o (41)3039-6644