Plantão 24h (41) 3039-0000

Plantão 24h

(41) 3039 6644

Tenho um gatinho idoso. E agora?

 

As estatísticas mostram que gatos criados dentro de casa vivem, em média, entre 15 a 20 anos, mas um gato já pode ser considerado idoso quando completa 8 anos de idade. A partir daí, é comum aparecerem problemas de saúde relacionados à velhice. “ Os mais comuns são a artrose , doenças renais , doenças do fígado e pâncreas ”, explica nossa veterinária Bianca Ricci Borba.

“Fazer um check-up semestral é bom em qualquer fase da vida de seu pet, mas quando se trata de gatos idosos, é imprescindível”, comenta Bianca. “ Só com exames específicos conseguimos detectar qualquer problema ainda em estágio inicial, a tempo de ser tratado e monitorado”, completa.

Segundo a veterinária, algumas dicas podem ajudar a manter a qualidade de vida do seu idosinho. “ Gatos idosos podem desenvolver artrose e sentir dor ao se movimentar, então deixe objetos como caixa de areia e potes de água e comida em locais de fácil acesso. Escove-o com frequência, pois ele perde a agilidade e a flexibilidade para se limpar. Forneça alimentação adequada para a fase da vida do animal”, diz Bianca.

E a última dica, ela faz questão de frisar: “Gatos idosos precisam de atenção e cuidados especiais, mas também de muito amor e paciência. Proteja-o, esteja sempre ao lado dele, é disso que ele mais precisa”.